Jesus é o Primogênito de Toda a Criação – Colossenses 1:15

As Palavras do Apóstolo Paulo em sua Carta aos Colossenses 1:15 “O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação” , vem causando muita confusão entre os estudiosos da Bíblia. A falta de entendimento da Hermenêutica Judaica tem feito com que vários Teólogos criassem verdadeiras heresias, afirmando, com base neste texto de Paulo, que Jesus seria um SER CRIADO!

Muitos dizem que Jesus seria o PRIMEIRO A SER CRIADO, pois Paulo teria dito que Ele é “o primogênito de toda a criação”!

Mas será mesmo que essa interpretação de Colossenses 1:15 está correta? Se não, qual seria a verdadeira interpretação para este verso do Novo Testamento?

Em que os níveis de interpretação dos textos Judaicos – PARDES – poderiam nos ajudar a entender as colocações do Apóstolo Paulo (Shaul haShaliach, um Judeu do primeiro Século, discípulo de Yeshua – Jesus)?


Bom, para entender este texto de Colossenses, eu vou pedir licença a você, querido leitor, para entrar em outra passagem, ligada ao Nascimento de Jesus, em que nós lemos um trecho do Evangelho de Mateus:

E esteve lá, até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz: Do Egito chamei o meu Filho.
Mateus 2:15

Este é um excelente exemplo de um nível de interpretação de textos Hebraicos, chamado de Remez – um símbolo, uma “pista” que segue uma verdade profunda, que nesse caso, envolve o relacionamento entre o Messias e o Povo de Israel, aludindo ambos como “Filho de Deus”.

O verso que está sendo citado, pelo Evangelista Mateus, está no livro de Oséias “Quando Israel era menino, eu o amei; e do Egito chamei a meu filho“. Oséias 11:1. E fica claro que este texto não se refere ao Messias, mas a Israel. Porém, Mateus entendeu que o significado primário desta passagem é um verdadeiro sentido ALEGÓRICO.

Mateus, conhecedor dos textos Bíblicos sabia que esse tipo de interpretação era comum nos textos sagrados. Veja o exemplo do livro do Êxodo, quando Moisés é enviado a Faraó, e lhe é ordenado a dizer: “Então dirás a Faraó: Assim diz o Senhor: Israel é meu filho, meu primogênito.” Êxodo 4:22.

Ora, sabemos que o povo de Israel nasceu de Abraão, muito depois da Criação do mundo, ou seja, Israel não foi a primeira coisa a ser criada por Deus. Mas ao afirmar que Israel é o Seu Primogênito, Deus está na verdade atribuindo os direitos e responsabilidades que a CULTURA ORIENTAL dava aos filhos primogênitos, dentre esses direitos e deveres, o maior era o do SACERDÓCIO.

E também, este texto serve como explicação para as palavras do Apóstolo Paulo em sua carta aos Colossenses, texto que tem sido mal entendido e mal interpretado, com muitos afirmando que Jesus teria sido criado, “O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;” Colossenses 1:15

Ora, novamente aqui é utilizado, por Paulo, a técnica de interpretação de textos Hebraicos, REMEZ, uma alegoria, dando a Jesus primazia sobre tudo o que foi criado, todos os direitos sobre a criação e toda a responsabilidade de ser o SACERDOTE da criação.

Os Direitos e Deveres dos Primogênitos

Paulo está atribuindo a Jesus os DIREITOS e DEVERES que um Primogênito possuía, mas no caso de Jesus estes direitos e deveres estavam relacionados com TODA A CRIAÇÃO!

o primogênito tem direito ao dobro da herança

Na saída do Egito, os primogênitos dos Israelitas seriam separados para a função do sacerdócio:

Santifica-me todo o primogênito, o que abrir toda a madre entre os filhos de Israel, de homens e de animais; porque meu é.” Êxodo 13:2

Porém com o pecado do bezerro de ouro, os primogênitos foram substituídos pela descendência de Arão, os Levitas, que passaram a partir de então a ter o direito no que ficou conhecido como o Sacerdócio Levítico.

Ainda mais, o Primogênito (בְּכוֹר berrôr, em Hebraico) tinha direito a uma porção dobrada da herança de seu pai. Yeshua, Jesus, o Primogênito de toda a Criação, tem também direito dobrado em Sua herança, porque além de ser o Criador de todas as coisas, Ele também comprou o Mundo, por meio do Seu sangue no madeiro, lhe dando o direito tanto como Criador como Redentor!

Sobre o autor | Website

ישראל סילבה Casado com Ana Paula Curty, papai da Sarah Curty, formado em Hebraico Bíblico, Geografia Bíblica, e Contexto Judaico do Novo Testamento, é Especialista em Estudos da Bíblia Hebraica, certificado pelo Israel Institute of Biblical Studies da Universidade Hebraica de Jerusalém; Apocalipsismo Judaico, pela Keets alMayim.

Receba Estudos Bíblicos do Original Hebraico Bíblico!

100% livre de spam.
  • Paulo Cesar Do Nascimento Salv

    Muito bom os seus posts, já li alguns e gostei bastante! Deus o abençoe sempre!

  • Isac Ribeiro

    Você não sabe o que diz! Israel não foi a primeira coisa a ser criada por Deus; coisa não mas, foi o primeiro e único povo que Deus escolheu para a sua glória e para levar o seu nome. Assim, de certa forma, no sentido alegórico, Israel foi sim o primeiro e único filho de Deus. então, da mesma forma Jesus antes de ter nascido como humano na terra, pode sim ter sido o único ser criado diretamente por Deus; apesar de que também ninguém sabe qual era a forma de Jesus no céu antes de ele ter vindo a terra. Seus argumentos são falhos”.