O Filho da Impureza, o Clamor de Bartimeu, o Cego de Jericó

Bartimeu, o Cego de Jericó está assentado à beira do caminho, provavelmente na antiga rota que ligava a Galileia à Jerusalém.

E o Cego Bartimeu, se posiciona estrategicamente, neste caminho, pois sabia que durante o período das Festas Bíblicas, Pesach – Páscoa, Shavuot – Pentecostes, e Sukkot – Tabernáculos, muitos viajantes peregrinavam passando por Jericó, por causa da inimizade entre os Israelitas Judeus e os Israelitas Samaritanos.

Yeshua haMashiach, isto é, Jesus Cristo, como todo bom Judeu obediente, vinha caminhado desde a região do plano de Jezreel – um vale muito fértil, próximo ao monte Carmelo – em direção à Jerusalém, para a Festa da Páscoa, chamada de פֶּסַח Pesach em Hebraico.

É muito sintomático que Bartimeu tenha escolhido Jericó para esperar que alguém que estivesse passando pela cidade se compadecesse dele, ao ponto de ajudá-lo com alguma esmola.

E esse “sintoma” passa por fatores históricos e geográficos, bem como por fatores de cunho culturais e espirituais, dos quais gostaria de abordar neste estudo Bíblico.

a geografia da terra santa de israel

A Geografia da Terra Santa.

AS ROTAS DA GALILEIA PARA A JUDEIA

Então, havia algumas rotas para que os Israelitas que viviam na região da Galileia, pudessem chegar ao sul de Israel e  ir à Jerusalém. A primeira delas, que gostaria de abordar é o caminho do mar, também conhecido como caminho da Planície Costeira (veja a ilustração abaixo), onde se descia até a altura da cidade de Yafo (Jafa, atual Tel Aviv) para subir pelo Caminho de Emaús até Jerusalém.

Outra possibilidade era passar pelo Vale de Dotã, e ir pelas montanhas de Samaria, que era inclusive, a rota mais curta (mas era evitada por causa de ataques dos Israelitas Samaritanos).

Podia-se, também, descer ao vale do rio Jordão, indo até a cidade de יְרֵחוֹ Jericó, e de lá subir até Jerusalém.

as rotas da gelileia para a judeia, passando por jericó

Os Caminhos da Galileia para a Judeia, Passando por Jericó.

Assim, para entendermos melhor a história do Cego Bartimeu, precisamos aprender um pouco mais sobre essa linda cidade, e logo após voltaremos ao texto Bíblico de Marcos, onde focaremos nos aspectos espirituais do milagre que Jesus operou.

A CIDADE DE JERICÓ

as montanhas do deserto da judeia

A Paisagem do Deserto da Judeia.

Na foto acima, vemos uma paisagem típica do Deserto da Judeia, onde a cidade de Jericó localizada, com montes que progressivamente “sobem” e, direção às montanhas centrais de Israel, onde fica Jerusalém.

É possível ver uma pequena área verde, mas cercada de muita areia, pois é uma região desértica.

A cidade de Jericó, apesar de estar nesta região, é atípica, pois é um oásis. Vamos explorar mais um pouco a geografia de Jericó:

JERICÓ A CIDADE DAS PALMEIRAS

jericó a cidade das plameiras

Jericó é um Oásis no Deserto da Judeia.

Há em Jericó uma fonte, que é a única fonte perene de água na margem oeste (ocidental) e ao sul do Jordão. Por isso servia como ponto de parada para as caravanas que passavam pelo deserto, quando viam do norte de Israel pelo fosso do Jordão, ou quando viam de Damasco (na Síria) pela rota dos Reis, no planalto da Transjordânia (abordaremos em futura aula).

Jericó era também um ponto de transição, entre a região mais verde, às margens do rio Jordão e o deserto da Judeia. Hospedava muitos viajantes, por ter um clima agradável, apesar da sua localização muito próxima ao deserto, pois tinha muitas palmeiras e fontes de água.

E ainda, na época do inverno, o seu clima se mantinha mais aquecido do que as baixas temperaturas da capital Jerusalém, que está na região das montanhas centrais (a altitude baixa a temperatura).

Muitos reis e governantes iam para Jericó para fugir desse inverno mais rigoroso das montanhas.

mapa do clima, temperatura e umidade de jericó

Enquanto que nas montanhas no inverno é muito frio, na região do Jordão, que é abaixo do nível do mar, está constantemente quente (porém no inverno o clima é um pouco mais ameno).

Por isso Herodes de outros reis construíram palácios, saunas, e piscinas muito confortáveis em Jericó.

as ruínas do palácio de inverno de herodes em jericó

As Ruínas do Palácio de Inverno do Rei Herodes.

JESUS PASSA POR JERICÓ

Sem dúvida, a rota que passava pelas montanhas de Samaria, era a mais curta. Mas os Israelitas do sul, mais conhecidos como Judeus, evitavam passar por Samaria por causa da inimizade com os Israelitas do norte (mais conhecidos como Samaritanos). Há um registro do início desse conflito, pelo Historiador Flávio Josefo, na obra Antiguidades 20:6.

Jesus passou algumas vezes por Samaria, mas neste episódio, Ele segue o caminho natural de um Israelita Galileu à caminho do sul de Israel, e vem com seus discípulos pelo Jordão, subindo à capital por meio de Jericó.

E Yeshua, Jesus, faz um movimento ainda mais amplo, seguindo uma outra rota, um caminho mais longo, seguindo pela Peréia e pela Rota ou Caminho dos Reis no planalto da Transjordânia – que vinha de Damasco e chegava ao Golfo de Ácaba, no Mar Vermelho.

E, levantando-se dali, foi para os termos da Judéia, além do Jordão, e a multidão se reuniu em torno dele; e tornou a ensiná-los, como tinha por costume.
Marcos 10:1

E iam no caminho, subindo para Jerusalém; e Jesus ia adiante deles. E eles maravilhavam-se, e seguiam-no atemorizados
Marcos 10:32

o caminho dos reis, pela transjordânia

A Rota da Peréia Passava Pelo Caminho dos Reis, no Planalto da Transjordânia.

mapa da pereia e das províncias de israel no tempo de jesus

Mapa da Peréia e demais províncias de Israel na Época de Jesus.

Depois de passar pelo planalto Transjordaniano, que é mais alto do que as montanhas de Israel, eles teriam que descer até ao fosso do Jordão, cruzar novamente aquele rio e pegar uma subida muito ingrime, de aproximadamente 1200m de altura em 24km de distância.

a subida de jericó para jerusalém

O CEGO BARTIMEU

E depois, foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto do caminho, mendigando. Marcos 10:46

o caminho de saída de jericó

Bartimeu Estava no Caminho de Saída de Jericó

E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim. Marcos 10:47

E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi! tem misericórdia de mim.
E Jesus, parando, disse que o chamassem; e chamaram o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, que ele te chama.
E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus.
E Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista.
E Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E logo viu, e seguiu a Jesus pelo caminho.
Marcos 10:48-52

ANÁLISE TO TEXTO NO IDIOMA HEBRAICO

 וְשָׁמַע כִּי יֵשׁוּעַ הַּנָּצְרִי הוּא, וְהֵחֵל לִצְעֹק וְלוֹמַר: בֶּן-דָּוִד, רַחֵם עָלַי

veshama ki yeshua hanotzri hu vehechel litzoq velomar ben david rachem alay

E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim. Marcos 10:47

A primeira palavra que me chama a atenção no “clamor” do Cego Bartimeu é o verbo “clamar“. O texto de Marcos diz que ele “começou a clamar”.

Clamar, em Hebraico Bíblico, é normalmente representada pelo termo קָרָה QARAH. Veja o exemplo abaixo no texto do livro do profeta Jonas:

וַֽיְהִי֙ דְּבַר־יְהוָ֔ה אֶל־יֹונָ֥ה בֶן־אֲמִתַּ֖י לֵאמֹֽר׃ 2ק֠וּם לֵ֧ךְ אֶל־נִֽינְוֵ֛ה הָעִ֥יר הַגְּדֹולָ֖ה וּקְרָ֣א עָלֶ֑יהָ כִּֽי־עָלְתָ֥ה רָעָתָ֖ם לְפָנָֽי׃

jonas 1:2 o clamor de bartimeu e o clamor de jonas

O Clamor do Cego Bartimeu é Diferente do Clamor de Jonas.

Já no texto de Marcos 10:47, Bartimeu usa a palavra זָעַק zaaq, “chorar”, “clamar”. Parece uma referência aos textos dos livros de Jonas e do Êxodo:

Então temeram os marinheiros, e clamavam cada um ao seu deus, e lançaram ao mar as cargas, que estavam no navio, para o aliviarem do seu peso
Jonas 1:5

וַיִּֽירְא֣וּ הַמַּלָּחִ֗ים וַֽיִּזְעֲקוּ֮ אִ֣ישׁ אֶל־אֱלֹהָיו֒ וַיָּטִ֨לוּ אֶת־הַכֵּלִ֜ים אֲשֶׁ֤ר בָּֽאֳנִיָּה֙ אֶל־הַיָּ֔ם

vayyiyru hammallachim vayyizaqu iysh el elohav vayyatilu et haqqelim asher baoniah el hayyam

וַיְהִי֩ בַיָּמִ֨ים הָֽרַבִּ֜ים הָהֵ֗ם וַיָּ֙מָת֙ מֶ֣לֶךְ מִצְרַ֔יִם וַיֵּאָנְח֧וּ בְנֵֽי־יִשְׂרָאֵ֛ל מִן־הָעֲבֹדָ֖ה וַיִּזְעָ֑קוּ וַתַּ֧עַל שַׁוְעָתָ֛ם אֶל־הָאֱלֹהִ֖ים מִן־הָעֲבֹדָֽה

E aconteceu, depois de muitos dias, que morrendo o rei do Egito, os filhos de Israel suspiraram por causa da servidão, e clamaram; e o seu clamor subiu a Deus por causa de sua servidão. Êxodo 2:23

E porque Bartimeu articulou uma fala tão intensa como “chorar”, “clamar”?

O próprio nome deste pobre cego reflete a dor que ele sofria. Não era somente pela cegueira que Bartimeu “chorava”. O que mais o incomodava era o desprezo com que a sociedade Israelita o tratava.

Veja este verso primeiro, para depois analisarmos os detalhes que o nome de Bartimeu nos revela:

E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi! tem misericórdia de mim. Marcos 10:48

Veja, o cego não tinha ao menos, nem o direito de “chorar”, “clamar” o seu “estado”! E porque?

BARTIMEU, O FILHO DA IMPUREZA

E depois, foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto do caminho, mendigando. Marcos 10:46

וּבָאוּ לִירִיחוֹ. וְכַאֲשֶׁר יָצָא יֵשׁוּעַ מִירִיחוֹ, הוּא וְתַלְמִידָיו וַהָמוֹן רַב — טִימַי בֶּן טִימַי הַעִוֵּר הָיָה יוֹשֵׁב עַל-יַד הַדֶּרֶךְ וּמְבַקֵּשׁ נְדָבוֹת.

O nome de Bartimeu é uma junção, uma construção (Estado Construto do Hebraico Bíblico) Aramaica, onde a primeira parte do seu nome, “BAR” significa “filho do”, e “Timeu” significa “IMPURO”.

Em Hebraico há o conceito de PUREZA e IMPUREZA, que são expressadas por meio das palavras טָהוֹר TAHOR, “PURO”e טָמֵא TAMÊ, “IMPURO”.

O texto da PESHITTA em Aramaico e Habraico traz o nome de Bartimeu e de seu pai Timeu como טִימַי בַּר טִימַי – TIMAY BARTIMAY – TIMAY FILHO DE TIMAY – é normal essa diferença entre o Hebraico e o Aramaico, são línguas parecidas, semíticas, e conservam uma raiz comum.

Então no original, Bartimeu significa FILHO DA MINHA IMPUREZA! Os Judeus acreditavam que quando um filho nascia com doenças, ele estava sendo castigado pelos pecados de seus pais, portanto, eram filhos da impureza, do pecado.

E a sociedade desprezava os nascidos “impuros”! Eram considerados pecadores! Por isso Bartimeu “chorava” / “clamava”!

Há uma referência a este entendimento “errôneo”, porém popular na época, na própria B’rit Chadashá, no Novo Testamento, no livro de Yochanan, João, no episódio da cura de outro cego, no Tanque de Siloé:

Responderam eles, e disseram-lhe: Tu és nascido todo em pecados, e nos ensinas a nós? E expulsaram-no.
João 9:34

עָנוּ וְאָמְרוּ לוֹ: אַתָּה כֻּלְּךָ בַּחֲטָאִים נוֹלַדְתָּ וְאַתָּה מְלַמֵּד אוֹתָנוּ? וְגֵרְשׁוּהוּ הַחוּצָה

anu vê-omru lô atá kulecha bachataiym noladtecha vê-atá melamed otanu? vê-gershuhu hachutsah.

Aqui, onde a tradução tradicional traz “nascido todo em pecados”, no original é a raiz IMPUREZA  בַּחֲטָאִים bachataiym.

TEM COMPAIXÃO DE MIM!

Outra palavra que eu acho fantástica no original Hebraico, é aquela que o Cego Bartimeu usou para “clamar” a Yeshua, “Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim”.

Na verdade, em Português, a tradução tradicional usa duas palavras, “tem misericórdia”. Em Hebraico o termo é רַחֵם “Rachem“.

RACHEM significa “compadece-te”, “tenha misericórdia”! Mas não é qualquer pedido. RACHEM é um verbo que está na Construção Hebraica Verbal chamada de Piel, uma Construção que leva o Daguesh forte na segunda letra da raiz do verbo. É uma construção verbal de voz ativa e INTENSIVA.

os sete binyanim em hebraico bíblico

O Hebraico Possui Sete Construções Verbais.

os binynim por forma ativa, passiva, reflexiva e recíproca

Os Binyanim Tem Voz Ativa, Passiva, Recíproca e Reflexiva.

É um pedido INTENSIVO, na mais forte construção verbal que o idioma suporta. É um apelo dramático, constitui um pedido de perdão!

É como se Bartimeu estivesse a clamar “ah Senhor, eles dizem que meu pai pecou, e que eu sou culpado pelos pecados de meus pais, mas se sou Senhor, tenha misericórdia e me perdoe!”

E LANÇANDO DE SI A SUA CAPA

E esse clamor, esse pedido de perdão chegou ao Mestre. Jesus manda chamá-lo. E quando Bartimeu fica sabendo do bom chamado do Messias de Israel, “o Filho de Davi”, ele “lança de si a sua capa”, a representação daquela vida de sofrimento.

A palavra “LANÇAR” aqui é o termo הִשְׁלִיךְ hishlich, que está em uma construção verbal do Hebraico Bíblico chamada de Hifil. O Binyan Hifil é uma voz ATIVA CAUSATIVA.

Bartimeu CAUSOU de lançar a sua capa de si. Ele tomou uma atitude em seu próprio favor, dentro do que ele poderia fazer, dentro de suas possibilidades humanas!

É um exemplo de que não devemos somente esperar pelo sobrenatural, mas devemos tomar atitudes naturais e esperar que Deus complete com o sobrenatural. É um ensino de cooperação entre Deus e o homem.

O PERDÃO TRAZ A CURA

E Yeshua atendendo a Bartimeu, provou que Ele é aquele que não discrimina, que não faz acepção, e que tem o poder de perdoar pecados e de purificar o impuro. porque Ele é o próprio Deus!

  אָמַר לוֹ יֵשׁוּעַ: מָה אַתָּה רוֹצֶה שֶׁאֶעֱשֶׂה לְךָ? וְהוּא הָעִוֵּר אָמַר לוֹ: רַבִּי, שֶׁאֶרְאֶה

וְיֵשׁוּעַ אָמַר לוֹ: לֵךְ; אֱמוּנָתְךָ הֶחֶיְתָה אוֹתְךָ. וּמִיָּד רָאָה וְהָלַךְ בַּדֶּרֶךְ

E Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista.
E Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E logo viu, e seguiu a Jesus pelo caminho.
Marcos 10:48-52

Sobre o autor | Website

ישראל סילבה Casado com Ana Paula Curty, papai da Sarah Curty, formado em Hebraico Bíblico, Geografia Bíblica, e Contexto Judaico do Novo Testamento, é Especialista em Estudos da Bíblia Hebraica, certificado pelo Israel Institute of Biblical Studies da Universidade Hebraica de Jerusalém; Apocalipsismo Judaico, pela Keets alMayim.

Receba Estudos Bíblicos do Original Hebraico Bíblico!

100% livre de spam.
  • allan

    não irmão Heber Brandão TRINDADE é DEUS PAI, DEUS FILHO E DEUS ESPIRITO. fazendo assim a distinção de três pessoas em (DEVARIM) DEUTERONÔMIO 6:4 4 Ouve, ó Israel; o Senhor nosso Deus é o único Senhor. o ETERNO se manifesta de diversas formas Exemplo: Coluna de fogo, YESHUA, etc…